Militar

Estados Unidos enviam armada para o Mar do Sul da China e tensões crescem

A Marinha dos Estados Unidos anunciou que enviou uma pequena armada para o Mar do Sul da China, na última quinta-feira (3). A armada consiste no porta-aviões John C. Stennis, dois cruzadores, dois destróieres, e o 7º capitaneador de frota.

426601-south-china-sea700

Muitos interpretaram o movimento como algo agressivo e cogitaram que os Estados Unidos podem não ter medo de dar início a Terceira Guerra Mundial.

Confirmado pela “Navy Times”, mídia da marinha americana, o impasse entre Estados Unidos e China voltou a tona em ambos lados. Após a notícia, em fevereiro, de que os chineses enviaram uma bateria de mísseis avançados terra-ar para as Ilhas Paracel, o cabeça do Comando do Pacífico, dos EUA, Harry Harris disse aos legisladores que a China estava militarizando o Mar do Sul chinês.

“Na minha opinião, a China está militarizar claramente o Mar do Sul. Você tem que acreditar na terra plana para acreditar no contrário.”, declarou Harris em 24 de fevereiro..

A China pode não ser um país santo, e certamente não é, mas eles não são a pátria que espalhou cerca de 700 bases militares em dezenas de países em todo o mundo e que foi responsável ​​pela destruição total de vários Estados-nação apenas na última década. Agora novamente são os EUA quem enviam navios de guerra para o outro lado do globo no que pode-se interpetar como uma clara tentativa de provocar uma briga

A razão pela qual os chineses têm demonstrado presença militar na região é devido à disputa e reivindicações sobre a cadeia de Ilhas Paracel.

O arquipélago das Ilhas Paracel, também conhecido como Xisha em chinês e Hoàng Sa em vietnamita, é um grupo de ilhas, recifes, bancos e outras características marítimas localizados no Mar da China Meridional. É controlada (e ocupada) em parte pela República Popular da China e também reivindicada por Taiwan e Vietnã.

Esta disputa sobre quem reivindica a região remonta há décadas, e a violência física entrou em erupção entre as partes litigantes em várias ocasiões, sendo o conflito mais recente de 1974. No entanto, desde então, a disputa se manteve calma – até agora.

150514135956-south-china-sea-dispute-map-exlarge-169

Os EUA estão tentando argumentar que a presença chinesa na região pode gerar um novo conflito e estão divulgando a falácea que rotas de comércio estariam sendo fechadas para flexibilizar o domínio militar chinês. Mas não há nenhuma evidência de que o comércio foi afetado.

Nenhum país no seu perfeito juízo iria dificultar a sua capacidade de exportar, e a China não mostra sinais de que poderá em breve travar suas exportações.

Fu Ying, um porta-voz do Congresso Nacional do Povo da China disse que tudo é um erro de cálculo e pode ser uma precipitação.

“A acusação [de que a China está militarizando a região] pode levar a um erro de cálculo da situação. Se você der uma olhada de perto a questão é: os EUA que enviam suas aeronaves mais avançadas e navios militares para o Mar do Sul da China. “, pontuou Ying

O secretário de Defesa Ash Carter parece disposto em agravar a situação. Na terça-feira, Carter, em um evidente fracasso de lógica e confirmando a declaração de Ying, alertou a China para frear a sua militarização da região, ou os EUA vão militarizar mais ainda a região.

Recordando as reivindicações de Ying sobre a militarização dos Estados Unidos, Carter observou que os EUA não têm medo de aumentar seus destacamentos militares para a região do Pacífico e gastariam cerca de 425 milhões de dólares para realizarem exercícios militares conjuntos com os países que se sentem ameaçados por Pequim.

“A China não deve perseguir a militarização no Mar do Sul. Ações específicas terão consequências específicas.”, conclamou  Carter em São Francisco.

À medida que a economia mundial oscila à beira de um colapso, os EUA ampliam seu barulho sobre, não só a China, mas também sobre os russos. Enquanto os Estados Unidos gastam mais em guerras do que qualquer outro país do mundo, a ideia de que eles podem aguentar a China e a Rússia, simultaneamente, é mortalmente insana.

Referência:

D.C. Clothesline

Advertisements
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s