Geopolítica

Rússia preocupada com possível assassinato de Trump ou remoção dele da presidência

CURTA PANORAMA LIVRE NO FACEBOOK

O governo russo está preocupado com a possibilidade do presidente Donald Trump ser morto ou forçado a sair da Casa Branca antes do fim do seu mandato. As preocupações existem devido a administração de Trump ser muito criticada pelos seus laços estreitos com o Kremlin e com o presidente russo Vladimir Putin.

700_f84f7065bbb92563d8f39f97a3504c7f

“O que o Kremlin teme hoje é que Trump pode ser derrubado ou até mesmo morto. Sua expulsão, argumentam fontes do Kremlin, é um pulo para desencadear uma campanha anti-russa virulenta e bipartidária em Washington”, escreveu a revista Foreign Policy nesta semana.

“O Kremlin está perfeitamente ciente de que os Democratas querem usar a Rússia para desacreditar e possivelmente causar o impeachment de Trump, enquanto as elites republicanas querem usar a Rússia para domar e disciplinar Trump. O governo russo teme não só a queda de Trump, é claro, mas também a possibilidade de que ele possa oportunisticamente mudar para uma resistente linha anti-Moscou, a fim de fazer a paz com os líderes republicanos ‘hawkish’ (que acreditam mais no uso da força que no diálogo) no Congresso”, pontuou a publicação

Os republicanos do Senado já pediram uma investigação sobre o relacionamento de Trump com Putin depois que o ex-conselheiro de segurança nacional do presidente, Michael Flynn, renunciou na segunda-feira por causa de suas discussões com Moscou sobre as sanções dos EUA. Flynn foi acusado de mentir para altos oficiais de Trump, na Casa Branca, sobre os detalhes dessas conversas.

“Nada menos que uma loucura sem ambiguidade, uma loucura delirante ou um escândalo inconfundível (de uma ordem muito maior do que a loucura raivosa e o escândalo que já vimos) levaria o partido a admitir que erraram em trazer um lunático perigoso e corrupto para a Casa Branca e acionar a catástrofe política que acabaria trucidando Trump. A disposição da 25ª emenda se baseia em um partido governante disposto a atirar no seu próprio pé pelo bem do país. Ter fé na capacidade do Partido Republicano de fazer isso em si mesmo, é uma loucura sem ambiguidade “.

Talvez, então, o assassinato seja a maior preocupação. Em janeiro, um homem sem teto da Flórida foi preso por criar um vídeo no qual ele ameaçou matar Trump na cerimônia do Dia de Inauguração, em Washington DC. Dominic Puopolo, de 51 anos, disse que usaria um fuzil Wesley Scopes Booth para matar Trump . Enquanto isso, o FBI tem monitorado outras ameaças potenciais depois que os usuários do Twitter pediram repetidamente o assassinato do presidente.

Referência:

International Business Time

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s