Sociedade

Policial sueco desabafa e expõe crimes de imigrantes muçulmanos

CURTA PANORAMA LIVRE NO FACEBOOK

Um oficial da polícia sueca, com mais de 47 anos de serviço, considerado um dos policias mais experientes do país, Peter Springare, fez um desabafo na semana passada e publicou detalhes da ação criminosa dos imigrantes islâmicos na Suécia.

Nitidamente com a intenção de mostrar que os imigrantes muçulmanos são responsáveis pela esmagadora maioria dos crimes no país, o experiente policial também relatou que metade dos detidos não possuem documentos válidos, sendo assim imigrantes ilegais.

springare-atal

Springare escreveu na última sexta-feira (3) em seu Facebook:

“Estou muito cansado. O que escreverei abaixo não é ‘politicamente correto’. Mas eu não me importo. O que eu vou fazer por todos os contribuintes é proibido fazer para nós funcionários do Estado. Isso tende a te levar a não fazer uma carreira e a não receber seu pagamento – mesmo que seja verdade. Eu não me importo com tudo isso, em breve vou me aposentar depois de 47 anos nesta atividade. Vou agora e a cada semana explicar em detalhes o que me emprega como investigadores/investigador na polícia em örebro.[Isto] Não vai bater com a opinião ou com a percepção, no debate em geral, de outros criminologistas esquerdistas.

Nossos aposentados estão de joelhos, a escola tá uma bagunça, a saúde tá um inferno, a polícia está completamente destruída etc etc. Todos nós sabemos porque, mas ninguém ousa ou quer abordar a razão, devido ao fato de que a Suécia sempre viveu no mito puritano de ser a última sociedade que tem recursos para estar na vanguarda quando se trata apenas de ser uma opção politicamente correta, em um mundo disfuncional que faz um nó em si própria, por comportamento destrutivo em nome de diferentes.

Aqui vamos nós – esses [casos] eu peguei entre segunda a sexta desta semana; estupro, roubo, assalto com agravante, assalto seguido de estupro e estupro, extorsão, chantagem, assalto, violência contra a polícia, ameaças à polícia, crime de drogas, drogas, crime, crime, tentativa de assassinato, estupro novamente, extorsão e maus-tratos.

Autores suspeitos: Ali Mohammed, Mahmod, Mohammed, Mohammed Ali, novamente, mais uma vez, novamente Christopher… o que é verdade. Sim um nome sueco para um crime de drogas, Mohammed, Mahmod, Ali, repetidas vezes.

Países que representam o semanário de todos os crimes: Iraque, Iraque, Turquia, Síria, Afeganistão, Somália, Somália, Síria novamente, Somália, desconhecido, país desconhecido, Suécia. Metade dos suspeitos, não podemos ter certeza porque eles não têm documentos válidos. O que em si normalmente significa que eles estão mentindo sobre sua nacionalidade e identidade.

Agora estamos falando apenas do município de örebro. E estes crimes ocupam o nossa investigação em 100%.

Então, isso se vê aqui e tem sido isso nos últimos 10-15 anos.

Retornarei na próxima sexta-feira com um pronunciamento para a semana que passará.”

peter-springare-facebook-rant-migrant-crime

Como resultado da publicação de Springare, o jornal sueco Samtiden relatou que ele está sendo saudado como um “herói do povo” e “denunciante” que deveria ser “o próximo chefe da polícia nacional”. Segundo o mesmo jornal, o oficial sueco pretende continuar com suas postagens no Facebook.

A rádio Sveriges informou que uma investigação foi lançada pela polícia devido a seu cargo e um promotor especial está atualmente avaliando se algo que ele escreveu foi “ilegal”.

A polícia sueca foi ordenada, em 2016, a parar de divulgar a raça e a nacionalidade dos suspeitos de crimes “para evitar serem classificados como racistas.”

Referência:

D.C. Clothesline

Anúncios
Standard

5 thoughts on “Policial sueco desabafa e expõe crimes de imigrantes muçulmanos

  1. Anonimo diz:

    Por culpa desses políticos imundos que só sabem pedir “mais amor e tolerância ao próximo”, tanto a Suécia como a Europa estão presas em uma camisa de força aonde o povo nativo e a oposição não podem se manifestar porque é considerado “racismo” criticar “refugiados” e “minorias”. O judaísmo é uma praga da humanidade que está causando o caos mundial com essas políticas progressistas e humanistas.

    Gostar

  2. Anonimo diz:

    Os judeus são os maiores culpados por todo esse transtorno que os “refugiados” e os imigrantes ilegais estão causando na Suécia. Os políticos judeus com sua eterna paranóia de “perseguição” e “intolerância” às “minorias’ querem obrigar todo o povo europeu a aceitar essa escória do terceiro mundo. O judeu quer destruir o cristianismo. Eles odeiam os cristãos, e sempre zombam de nós. Agora vai alguém zombar de um judeu.

    Gostar

  3. Anonimo diz:

    Esquerdista é um ser controverso. Eles se dizem “anticapitalistas” mas são marionetes do judeu bilionário George Soros e sua agenda progressista de “defender minorias e os oprimidos”.

    Gostar

  4. Anonimo diz:

    Esquerdista é um ser controverso. Eles se dizem “anticapitalistas” mas são marionetes do judeu bilionário George Soros e sua agenda progressista de “defender minorias e os oprimidos”. O poderio judeu no mundo é algo assustador. Mas se a gente fala isso somos vistos como “conspiradores” de uma “raça inocente”.

    Gostar

  5. Pingback: É MELHOR LER ANTES DE FALAR SOBRE “ONTEM À NOITE NA SUÉCIA” | Politica Aplicada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s