Geopolítica, Sociedade

Irã teria feito imagens de porta-aviões dos EUA no golfo pérsico

Uma oficial da marinha americana confirmou, nesta sexta, que um drone iraniano sobrevoou o porta-aviões dos Estados Unidos, no golfo pérsico, no começo deste mês. A confirmação veio horas depois da mídia iraniana divulgar imagens, que segundo os iranianos, são de um porta-aviões americano e que teriam sido feitas por um drone de Teerã.

irantrumanscreengrabdrone-e1454097489690

A tenente-comandante da marinha Nicole Schwegman, confirmou que o fato ocorreu no dia 12 de janeiro onde um drone desarmado sobrevoou a U.S.S. Harry S. Truman no que foi descrito como um movimento “anormal e pouco profissional”. Ela não foi capaz de confirmar se o incidente do dia 12 é o mesmo registrado e transmitido pela mídia iraniana.

“O UAV (veículo aéreo não tripulado) estava desarmado e não representava nenhum risco para as operações de voo da transportadora.”, completou Nicole Schwegman.

Schwegman afirma que o drone inicialmente sobrevoou o transportador francês Charles de Gaulle, em seguida, passou para o Truman. O sobrevoo teve lugar no mesmo dia em que 10 marinheiros dos EUA foram detidos pelo Irã na área do Golfo Pérsico, ocorrência que, segundo alguns especialistas, se tratava de um ataque de falsa-bandeira que Israel e Estado Unidos estariam executando para culpar o Irã e que teria sido impedido pela força aérea russa, como foi reportado pelo Panorama Livre.

Além das filmagens do drone, um submarino da classe Qadir iraniano foi enviado em uma “missão de coleta de informações de inteligência ” sobre um transportador americano que os iranianos não disseram o nome.

As afirmações da mídia iraniana dão conta que a Marinha do Irã realizava exercícios e os jogos de guerra ‘Velayat’, na área do golfo Pérsico. O noticiário Fars afirmou, quarta-feira, que o Irã enviou advertências a um navio dos EUA que operava perto dos jogos de guerra e que o navio supostamente teria se afastado. Um porta-voz da Marinha americana, desde então, refutou as alegações de que as operações navais dos EUA foram alteradas em decorrência do exercício.

Referência: Daily Caller

Advertisements
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s