Síria

Rússia está armando os curdos contra o Estado Islâmico

O ministro do exterior da Rússia, Sergey Lavrov, anunciou nesta terça-feira, por meio de uma coletiva de impressa, que o fornecimento de armas russas para os curdos foi feito de maneira oficial através do governo iraquiano em Bagdá.

Segundo o ministro Lavrov, a Rússia levou em conta o fato de que desde o surgimento da ameaça do Estado Islâmico, tanto o exército iraquiano quanto milicias curdas estavam juntas lutando contra os avanços dos terroristas.

“Levamos em conta também as necessidades dos Curdos quando entregamos nossas armas para o Iraque, mas estas fontes (de distribuição de armas) são feitas através do governo central, através de Bagdá”, revelou Lavrov.

“Nós respeitamos plenamente a soberania e a integridade territorial do Iraque”, completou o ministro do exterior.

Ele também falou que a decisão de incluir os curdos nas conversações sobre as questões internas da Síria devem ser tomadas pela ONU, mas que caso não aconteça e não seja do desejo de Staffan de Mistura – italiano que foi intitulado enviado especial da ONU para realizar as conversações de paz na Síria – a Rússia não vetaria tal decisão.

“Vai ser o erro mais grave não convidar os curdos, mas não iremos impor qualquer veto. Este é um direito de Staffan de Mistura.”, confirmou Sergei Lavrov, na coletiva.

O ministro russo ainda disse que o enviado da ONU deve estar ciente de suas responsabilidades e que não deve se escorar sobre os Estados Unidos e a Rússia apenas.

Os curdos

Os curdos são um obstáculo para a Turquia que claramente faz parte do bloco que apoia os terroristas. Os curdos sírios que ficam nas áreas que fazem fronteira com a Turquia são uma barreira para as rotas estabelecidas de contrabando de armas e petróleo bruto que abastecem Turquia e Israel, além de impedirem o deslocamento de mais terroristas e imigrantes ilegais pelo mundo.

Desde o surgimento do Estado Islâmico, os curdos foram um dos bravos grupos étnicos que impuseram um combate ostensivo contra os terroristas. Inclusive os curdos também ajudaram o Exército Sírio do regime Assad contra os rebeldes do Exército de Libertação da Síria os quais foram abertamente financiados pelos Estados Unidos, França e outros aliados e que eram tratados como “oposição moderada”.

Advertisements
Standard

One thought on “Rússia está armando os curdos contra o Estado Islâmico

  1. Pingback: Israel não quer vitória do regime Assad e pede apoio aos terroristas | panoramalivre

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s